20 dicas para ser feliz em casa

1- Deixe a luz entrar

No futuro as casas vão ser planejadas considerando a interação com o mundo natural à sua volta. Um design mais responsivo aponta para casas que, por exemplo, se movam atrás do sol. Enquanto isso não acontece deixe a luz natural entrar pelas janelas da sua casa sempre. Nunca obstrua esse contato que é tão essencial para elevar os níveis de bem estar e promover saúde.

2- Invista em cores

A influência das cores na casa é enorme. Além de transformar visualmente os ambientes, elas interferem em nosso estado emocional e podem tanto colaborar para que você seja mais feliz em casa quanto te irritar ou te deixar melancólico. O melhor, claro, é investir nos benefícios que elas podem trazer. “Segundo pesquisas recentes o rosa forte libera hormônios que inibem a agressividade. O vermelho estimula adrenalina, a eficiência, a criatividade e o desenvolvimento cerebral dos bebês. O azul ativa nada menos que 11 hormônios tranquilizantes, prepara o corpo para o sono, minimiza medos e diminui o desejo por comida: fazer as refeições em um prato azul pode ajudar a emagrecer. Essa cor aplaca o apetite. O violeta é antídoto contra insônia. O amarelo incentiva a compra e a venda, inclusive da casa. Nas paredes ou nas roupas podem ajudar a equilibrar o temperamento e a definir prioridades. Quer iniciar projetos? Ative o vermelho. Concretizar? O verde. Clareza mental? Ilumine-se com o branco e o amarelo. Estabilidade emocional? Vista-se de azul.”

3- Aromas

Os aromas são tão significativos para definir suas sensações em um espaço que usá-los já virou uma poderosa estratégia de mercado. Um estudo realizado pela Universidade Rockefeller de Nova York, estima que os seres humanos se lembram de apenas 1% do que tocam, 2% do que ouvem, 5% do que veem, 15%do que provam e 35% do que sentem o cheiro. Velas, difusores, sprays de ambiente… Envolva cheiros que tragam boas sensações dentro de casa. Dicas de Carlos Solano: “escolha entre o limão (que revitaliza), a tangerina (que conforta), a laranja azeda (que alivia a ansiedade) ou a laranja doce (que alegra, todos também estimulantes para a mente”.